Seleção para Graduados em Enfermagem – Edital 2017.12

LOGOSANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL

Entidade Filantrópica. Rua Antônio Crisóstomo de Melo, nº919, Bairro Centro,

Sobral – CE, CEP: 62010-550. Tel: (88) 3112.0566

EDITAL Nº 2017.12

SELEÇÃO PARA GRADUADOS EM ENFERMAGEM

botão inscrição

O Serviço de Gestão de Recursos Humanos da Santa Casa de Misericórdia de Sobral/CE, em parceria com a Educação Permanente em Serviço e a Diretoria de Enfermagem da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, vem informar aos interessados a abertura do Edital para seleção de Graduados em Enfermagem. Os prazos e requisitos definidos para o processo são os seguintes:

1. OBJETIVO

O presente edital tem como objetivo selecionar profissionais graduados em enfermagem para trabalhar no na Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

2. PERFIL DESEJADO

Deseja-se para a função, profissionais com formação superior em Enfermagem, com habilidades na assistência ao paciente grave, conhecimento em gerenciamento de risco hospitalar, conhecimento de informática, atitude de gerenciamento de conflitos, liderança e envolvimento com ensino e pesquisa.

3. DAS INSCRIÇÕES E PRÉ-REQUISITOS

Estarão abertas as inscrições gratuitas no período de 17 a 18 de agosto de 2017 até às 23h59min do dia 18 de agosto de 2017, online, através do FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO   que está disponível na página do edital.

3.1. Para realizar a inscrição o candidato deverá acessar o site da Santa Casa de Misericórdia de Sobral: stacasa.com.br, através de um formulário específico para a realização desta seleção, em que se encontra na página do edital.

3.2. O candidato receberá um e-mail de confirmação de inscrição que deverá ser entregue na primeira fase da seleção.

3.3. O candidato interessado deverá enviar obrigatoriamente o currículo lattes em formato PDF , através do “Formulário de Inscrição” contido no referido edital, constante no site www.stacasa.com.br.

3.4. O processo seletivo estará aberto a candidatos que estejam inscritos e regulares com o Conselho Regional de Enfermagem – COREN, na categoria de Enfermeiro (a).

4. DAS VAGAS ESTABELECIDAS

4.1. As vagas serão preenchidas de acordo com a aprovação do candidato no processo seletivo e conforme a necessidade da Empresa, que irão compor a formação do cadastro de reserva no Processo Seletivo, podendo o mesmo vir a ser contratado por meio do contrato de experiência, momento em que será avaliada a permanência do empregado.

4.2. A validade do processo seletivo será de 03 (três) meses a partir da data de publicação.

4.3. Ao ser convocado para assumir vagas em que estejam em aberto, o candidato aprovado no processo seletivo deverá estar apto, de acordo com o item 3.4.

4.4. O candidato que, ao ser convocado, estiver irregular junto ao Conselho Regional de Enfermagem (COREN-CE), terá sua contratação cancelada, sendo assim convocado outro candidato, respeitada a ordem de aprovação.

 5. DA INSCRIÇÃO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

5.1. Conforme Art. 5, §2º, da Lei 8.112/90, às pessoas portadoras de deficiências é assegurado o direito de se inscrever em concursos público para provimento de cargos públicos, sendo destinadas até 20% (vinte por cento) das vagas.

5.2. As pessoas com deficiência, como os demais candidatos, fica determinado que irão compor a formação do cadastro de reserva no Processo Seletivo e participarão de provas de conhecimentos específicos e entrevista individual.

5.3. Consideram-se pessoas com deficiência aquelas que se enquadrarem na forma do Art.93, da Lei no 8213/91, publicada no Diário Oficial da União de 25 de julho de 1991 e do Decreto no 3.298, de 20 de dezembro de 1999, publicado no Diário Oficial da União de 21 de dezembro de 1999, alterado pelo Decreto-Lei no 5.296, de 02 de dezembro de 2004.

5.4. O candidato com deficiência participará do Processo Seletivo em igualdade de condições com os demais candidatos, em todas as suas fases e etapas, no que se refere ao conteúdo, à avaliação, ao horário, ao local de aplicação das provas (desde que não seja necessário condição específica), sendo expressamente vedado o favorecimento destes ou daqueles no que concerne às condições para sua aprovação.

5.5. Para concorrer a uma dessas vagas, o candidato deverá:

  1. a) No ato da inscrição, selecionar no campo modalidade de concorrência a opção pessoa com deficiência.

5.6. O candidato com deficiência poderá requerer, no ato da inscrição e no próprio formulário online de inscrição, atendimento especial para o dia de realização das provas objetivas, indicando as condições de que necessita para a realização dessas, conforme previsto no artigo 40, § 1o, do Decreto nº 3.298/1999 e suas alterações.

5.7. A contratação dos candidatos aprovados respeitará os critérios de alternância e de proporcionalidade, que consideram a relação entre o número total de vagas e o número de vagas reservadas a candidatos com deficiência.

5.8. A contratação dos candidatos com deficiência, dentro das vagas a eles destinadas, somente poderá ocorrer após laudo conclusivo da perícia médica promovida pelo SESMT – Serviço de Saúde e Medicina do Trabalho da SCMS, em que o candidato deverá comparecer munido de laudo médico original ou de cópia autenticada do laudo que ateste a espécie e o grau ou o nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da CID, para que seja verificada sua qualificação como pessoa com deficiência, o grau da deficiência e a capacidade para o exercício do respectivo cargo e que terá decisão determinativa sobre a qualificação, nos termos do Decreto n° 3.298, de 20 de dezembro de 1999, publicado no Diário Oficial da União de 21 de dezembro de 1999 e alterado pelo Decreto n° 5.296, de 02 de dezembro de 2004, publicado no Diário Oficial da União de 03 de dezembro de 2004.

5.9. O candidato cuja deficiência não seja confirmada pela perícia médica de que trata o item 5.8 deste Edital, será eliminado da lista de candidatos com deficiência, passando a constar na lista de classificação geral final de candidatos que não possui deficiência.

6. DO PROCESSO DE SELEÇÃO

6.1. Constará de duas fases: Prova de conhecimentos específicos e entrevista. Todas de caráter eliminatório.

6.2. PRIMEIRA FASE: Prova de Conhecimentos Específicos.

6.2.1. O local para realização de prova será divulgado no dia 30 de agosto de 2017 às 17h00min, através do site www.stacasa.com.br.

6.2.2. Realizarão a segunda fase os candidatos que obtiverem, na prova teórica, nota igual ou superior a 07 (sete).

6.3. SEGUNDA FASE: Entrevista.

6.3.1. A entrevista terá data divulgada no dia da divulgação do resultado da primeira fase.

6.3.2. O candidato deverá comparecer à entrevista com roupas adequadas, portando documento de identificação e confirmação de inscrição.

6.3.3. Caso o candidato NÃO compareça à entrevista será automaticamente DESCLASSIFICADO.

7. DO CALENDÁRIO

CALENDÁRIO DO PROGRAMA DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO
PASSOS PERÍODO HORÁRIO LOCAL
INSCRIÇÃO 17 a 18 de agostos de 2017 de 0h0min do dia 17 às 23h59min do dia 18/08/2017. Online site www.stacasa.com.br

Na página do próprio edital

INFORMAÇÕES COMPLENTARES No dia 30 de agosto de 2017, será divulgado o calendário completo das etapas do processo seletivo, como, data para realização da 1ª fase, data para divulgação do resultado da 1º fase.

A data para realização da 2º fase (entrevistas) será divulgada no dia da divulgação do resultado da 1º fase.

Todas as informações complementares serão divulgadas no site da Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

www.stacasa.com.br

 8. DAS ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DAS PROVAS

8.1 O PARTICIPANTE apenas deverá iniciar as provas após ler as instruções contidas na capa do Caderno de Questões e no Cartão-Resposta, observada a autorização do aplicador.

8.2 O PARTICIPANTE deverá utilizar caneta esferográfica transparente de tinta preta ou azul.

8.3 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a realização das provas em razão de afastamento do PARTICIPANTE da sala de provas ou para preenchimento do seu Cartão-Resposta ou da Folha de Redação.

8.4 Somente será permitido ao PARTICIPANTE fazer anotações relativas às suas  respostas  no Cartão-Resposta e no Caderno de Questões.

8.5 Não será permitido copiar o gabarito durante a realização das provas.

8.6 Não será permitido que o PARTICIPANTE leve o Caderno de Questões.

8.7 Ao término das provas, o candidato que não devolver à fiscalização o Cartão-Resposta e/ou o Caderno de Questões, será eliminado do certame.

8.8 Não será permitido, sob hipótese alguma, o uso de celulares, pageres, calculadoras, e quaisquer outros aparelhos eletrônicos durante a aplicação das provas e entrevista.

 9. DO ACESSO AO LOCAL DE PROVA

9.1 Os portões de acesso serão abertos 01 (uma) hora antes do início das provas, sendo fechados no horário programado para o início das provas que será divulgado no dia 30/08/2017.

9.2 Ao chegar ao local de prova, os PARTICIPANTES deverão aguardar em sala até que seja autorizado o seu início, após procedimentos de verificação de segurança, sob pena de eliminação do Exame.

 10. DA IDENTIFICAÇÃO DO PARTICIPANTE

10.1. Para realização das provas é obrigatória a apresentação de documento de identificação original com foto, conforme relação abaixo de documentos aceitos:

  • Cédulas de identidade (RG), emitida por Secretaria de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar ou Polícia Federal;
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados, em consonância com a Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997;
  • Identificação fornecida por Ordens ou Conselhos de Classe, que, por lei, tenham validade como documento de identidade;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Certificado de Dispensa de Incorporação;
  • Certificado de Reservista;
  • Passaporte;
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com foto, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997;
  • Identidade funcional em consonância com o Decreto nº 5.703, de 15 de fevereiro de 2006;
  • Em caso de perda, extravio, furto ou roubo de documento de identificação, o Participante deve apresentar o Boletim de Ocorrência com data de, no máximo, 90 dias do dia de aplicação das provas.

10.2. NÃO SERÃO ACEITOS COMO DOCUMENTO DE IDENTIDADE, POR SEREM DESTINADOS A OUTROS FINS, A CERTIDÃO DE NASCIMENTO, O TÍTULO DE ELEITOR, A CARTEIRA DE RESERVISTA E A CARTEIRA DE ESTUDANTE.

 11. DA PROVA

11.1. BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA

  • Assistência de enfermagem ao paciente crítico;
  • Assistência de enfermagem ao paciente vítima de trauma;
  • Assistência de enfermagem em pediatria e neonatologia;
  • Código de ética do profissional de enfermagem;
  • Dez passos da segurança do paciente (COREN- SP);
  • Enfermagem cirúrgica;
  • Fundamentos de enfermagem;
  • (RDC 02) – Gerenciamento das Tecnologias em Estabelecimentos de Saúde;
  • (RDC 07) – requisitos mínimos para o funcionamento das UTI;
  • Manual de acreditação hospitalar;
  • Política nacional de urgência e emergência;
  • Portaria Hospital de Ensino Nº 2400 / 02.10.2007 – requisitos para certificação de unidades hospitalares como hospital de ensino;
  • Programa nacional de avaliação dos serviços de saúde (PNASS);
  • Programa Nacional de Humanização (SUS);
  • NR 32 – Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde.

 12. CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

12.1. A Santa Casa de Misericórdia de Sobral não se responsabilizará por inscrições não processadas ou recebidas por motivo de ordem técnica de computadores, congestionamento nas linhas de comunicação, bem como outros fatores externos que impossibilitem a transferência de dados.

12.2. Ficará responsável pelo processo de seleção dos candidatos, uma comissão formada por membros do Serviço de Recursos Humanos, Serviço de Psicologia, Diretoria de Enfermagem e convidados.

Subscrevemo-nos,

botão inscrição

________________________

Pe. Francisco Junior Melo

Diretor Geral da SCMS

________________________

Lucila Maria de Albuquerque

Diretora de Enfermagem da SCMS

________________________

José Carlos Marinho Souza

Coordenador de Gestão de Pessoas da SCMS

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O EDITAL COMPLETO